O Artista

Original e marcante. Assim é a música e a trajetória de Paulo Simões. Carioca, optou por residir em Campo Grande, MS, onde passou parte da adolecência descobrindo amigos e futuros parceiros, como os irmãos Espíndola,Geraldo Roca e Almir Sater. Transitando entre Rio, São Paulo, campo Grande e Pantanal, - onde gosta de pescar e compor - Paulo Simões vem reunindo um número significativo de admiradores para seu trabalho. Intérpretes como Michel Teló,Sérgio Reis e Renato Teixeira, entre outros, além do parceiro Almir Sater, contribuem para tornar suas canções conhecidas nacionalmente.

Seu primeiro disco individual data de 1992, ano em que recebeu o Prêmio Sharp de melhor compositor regional com Paiaguás, em parceria com Guilherme Rondon. "Paulo Simões & o Expresso Arrasta-Pé Volume I" inclui suas composições mais conhecidas até então, como Trem do Pantanal (com Geraldo Roca), Comotiva Esperança e Sonhos Guaranis (com Almir Sater), e o Lobo da Estrada (com Pedro Aurélio) - esta transformada em sucesso nacional por Sérgio Reis. O disco marca também o lançamento do selo Mauá, de Simões e Guilherme Rondon, responsável por incluir Mato Grosso do Sul no mapa fonográfico brasileiro.

Em 1994 inicia o projeto "Chalana de Prata" - grupo que reúne quatro expoentes da música do MS - com dois CDs lançados, que alcançaram grande repercussão. No grupo, além do próprio Simões, participam Celito Espíndola, Guilherme Rondon e o legendário sanfoneiro Dino Rocha.

Sua discografia é ampliada no mesmo ano com o lançamento do "Expresso Arrasta-Pé Volume II", no qual se destacam músicas como Vida Bela Vida (com Rondon) e Labaredas (com Rondon e Celito Espíndola), logo regravadas por diversos artistas regionais.

Com o título "Rumo a 2 mil e uns" o artista mostra seus trabalhos incluindo uma nova e promissora parceria com o multi-instrumentista Antônio Porto, responsável pela direção musical dessa CD. Nele podemos encontrar a marca registrada de Paulo Simões: a qualidade de melodias e letras, a incorporação de elementos regionais e fronteiriços ao universo pop e, principalmente, o raro dom da originalidade.

Em 2004, Paulo Simões reuniu os sucessos desses três CDs em um quarto lançamento: a coletânea "Vida Bela Vida". Incluindo as canções Trem do Pantanal, Labaredas e Sonhos Guaranis, entre outras, além do clássico Vida Bela Vida, o CD incorpora todo o encanto e beleza da obra de Paulo Simões.

 

шаблоны Joomla